CONHEÇA NOSSA HISTÓRIA E EQUIPE

EX LIBRIS – AFINAL, POR QUE ESTE NOME?

“Ex Libris” é uma expressão latina que significa “dos livros de”, “da biblioteca de”. Então, por que, afinal, uma empresa de comunicação integrada – que, evidentemente, não é uma biblioteca – tem esse nome? Acontece que “ex libris” também pode significar marca ou característica essencial de uma empresa, de um país ou de um povo. O Cristo Redentor, por exemplo, é a “marca” do Rio de Janeiro, assim como a Torre Eiffel é a cara de Paris e a Estátua da Liberdade é o símbolo de Nova York. Da mesma forma, a baguete nos remete à França, as massas à Itália, o hambúrguer aos Estados Unidos e a feijoada ao Brasil.

No nosso caso, nossa marca, nossa “ex libris”, é a comunicação integrada.

DIRETORIA

IMG_9765

JAYME BRENER

CEO & Fundador

JAYME BRENER

CEO & Fundador

Jornalista, ex-professor da Faculdade de Comunicação Casper Líbero, foi chefe das Assessorias de Imprensa da Assembléia Legislativa do Estado, da Câmara Municipal de S. Paulo e da CMTC, ex-editor da IstoÉ, correspondente do Jornal do Brasil na América Central e da Rádio Eldorado na Alemanha, ex-editor-assistente de Veja e do Jornal da Tarde, secretário de redação da agência italiana de imprensa (ANSA) e da revista Shalom, ex-redator da Folha de S. Paulo, ex-repórter especial do Correio Braziliense e editor-chefe da revista Atenção! Ganhou os prêmios de jornalismo Simón Bolivar e do Movimento de Justiça e Direitos Humanos (RS), além do Prêmio Jabuti, em 1999. Autor de livros paradidáticos nas áreas de Geopolítica e História Contemporânea, foi correspondente no Brasil da Rádio Nederland (Holanda), da revista The Jerusalem Report (Israel) e da Radio France Internationale.

IMG_9261

CLAUDIO CAMARGO

Sócio

CLAUDIO CAMARGO

Sócio

Jornalista e sociólogo. Entre 1993 e 2008 trabalhou na revista IstoÉ como editor de Brasil e Política, editorialista e editor de Internacional. Fez reportagens no Brasil, América Latina, Oriente Médio, Rússia e Índia. Entre 1985 e 1993 foi redator e subeditor de Internacional da Folha de S. Paulo. É coautor de vários livros na área de História Contemporânea, Sociologia e Geopolítica.